Greenpeace ▪ Voluntários do Rio de Janeiro

Grupo de Voluntários do Rio de Janeiro


Deixe um comentário

Popcorn, magnifiers and more – The Scouts’ Solar Challenge (Portuguese version)

Relato de um de nossos voluntários no acampamento Solar na Suíça

14 de agosto de 2013 às 02:53

As últimas semanas tem sido de muito aprendizado. No final de julho, cheguei em Kandersteg, uma pequena cidade há três horas de Zurich, na Suíça, partindo de trem. A cidade, que é cercada por montanhas e o céu na maior parte do tempo azul, recebe jovens escoteiros do mundo inteiro. O Greenpeace foi para a cidade para encontrar, conversar e mostrar para esses jovens que mudanças de hábitos são possíveis e necessárias para que possamos viver em um mundo mais equilibrado.

Assim que eu cheguei no acampamento fui para uma atividade com dois voluntários, Philippe,do Senegal, e Billy, do Quenia, que já estavam acampados. Lá tive o primeiro contato com os escoteiros. Durante o tempo que ficamos acampados oferecemos Workshops para escoteiros e lideres de todas as partes do mundo. Fizemos pipoca solar, desenhamos com lupas e à luz do sol, construímos lanternas solares e conversamos sobre fontes de energias renováveis e não renováveis.

As atividades começam cedo em Kandersteg, os grupos de escoteiros se formam e rapidamente eles estão prontos para partirem para trilhas, escaladas e nadar. Quando voltam ao acampamento, eles ainda têm muito tempo para brincar e cantar, já que em Kandersteg anoitece tarde, por volta das nove horas da noite. As fogueiras começam a ser acesas e a melhor coisa que podemos fazer é contemplar o céu repleto de estrelas que não para de ser rabiscado por estrelas cadentes.

No dia primeiro de agosto, nós acordamos as 4:30h da manhã para fazer uma trilha junto com os escoteiros. Caminhamos por cerca de uma hora para chegar no lago Oeschinensee. Fomos recebidos com um grande café da manhã, música e uma paisagem inacreditável.Durante toda a manhã, os escoteiros comemoraram o dia Nacional de Independênciada Suíça. Do lago, seguimos para a vila onde participamos de uma grande atividade e mais uma vez trocamos experiências com os jovens. Para fechar o dia, os mil escoteiros que estavam na cidade fizeram um grande desfile da vila até o centro onde ficam acampados.

Durante a nossa estádia recebemos vários elogios e algumas vezes lembranças. Mas, a maior recompensa era ver que tínhamos conseguido transmitir a nossa mensagem. Durante um Workshop escutei de uma líder o seguinte comentário: “Essas crianças estão aprendendo aqui mais do que aprendem na escola”. Para mim é isso que vale a pena.

No domingo, 4, partirmos para Grünenmatt, uma pequena cidade também na Suíça e participamos de um acampamento solar. Em breve, compartilho com vocês essa experiência. Abraços solares!

Thomas Mendel, 20 anos de idade e voluntário do Greenpeace Brasil desde 2011. Ele estuda jornalismo e pretende usar o seu futuro profissional como ferramenta para compartilhar suas ideias. No Brasil, participou de um projeto (Juventude Solar) do Greenpeace que ensinou jovens a instalarem um sistema solar em um centro comunitário em uma favela no Rio de Janeiro.

Anúncios