Greenpeace ▪ Voluntários do Rio de Janeiro

Grupo de Voluntários do Rio de Janeiro


Deixe um comentário

Dia Mundial das Florestas

No dia 21 de março devemos celebrar o fato de elas nos darem sombra, por elas armazenarem milhões e milhões de dióxido de carbono e impedirem que sejam liberados na atmosfera, graças a elas as chuvas se formam e fertilizam os campos. Uma vastidão de animais, das mais diversas espécies, e milhões de pessoas dependem delas para alimentarem-se e abrigarem-se.Dia Mundial das FlorestasEsta personagem tão estratégica no tabuleiro da preservação ambiental é a árvore e, devido à sua importância, a Organização das Nações Unidades criou o Dia Internacional das Florestas. A ideia é criar consciência sobre a necessidade de conservar milhões e milhões de quilômetros quadrados de florestas pelo mundo em benefício desta e das futuras gerações.

O Brasil abriga a maior floresta tropical da Terra e deve enviar o seguinte recado: é possível aumentar a produção agrícola sem avançar sobre a Amazônia. Com a proposta de lei de iniciativa popular pelo desmatamento zero se discute a correlação de força existente na sociedade que é capaz de promover a mudança da velha ordem. Usar motosserras faz parte da velha ordem, algo ultrapassado. O moderno é desenvolver uma economia sustentável que se harmonize com as matas.

Se você considera que é preciso termos uma lei que proteja esta riqueza, assine a petição pelo desmatamento zero. Até agora mais de 900 mil eleitores a assinaram na internet e pelas ruas de todo o Brasil. Baixe a formulário de coleta de assinaturas e participe.

Vamos usar nas redes sociais a hashtag #DiadasFlorestas nesta mobilização online. Também haverá voluntários nas ruas coletando assinaturas. Esta é a melhor maneira de dizermos para o Congresso em Brasília que a floresta e seus povos precisam ser respeitados.

Junte-se a esse movimento e assine a petição pelo Desmatamento Zero


4 Comentários

Atividade do Dia da Árvore

Aconteceu em Copacabana no último domingo, dia 26 de setembro, uma atividade do Greenpeace RJ em parceria com os Defensores da Terra em comemoração ao Dia da Árvore.

Apesar do vento forte e da concorrência com a poluição sonora e visual das campanhas eleitorais, conseguimos chamar bastante atenção para a questão da reforma do Código Florestal. Com as fantasias de Homem-Motoserra e Mulher-Árvore, atraímos as pessoas para a exposição de fotos em nossa barraca e transmitimos a mensagem da importância da preservação das nossas florestas.

Com muita interatividade e atividades lúdicas com as crianças – que fizeram desenhos sobre o tema e até se tornaram “ativistas mirins” denunciando o Homem-Motoserra para um policial – conseguimos, mais uma vez, levar para as ruas essa questão tão importante e urgente. Desmatamento zero já!

Veja a galeria de fotos desta atividade.

Saiba mais sobre o que o Greenpeace está fazendo para proteger a Amazônia.