Greenpeace ▪ Voluntários do Rio de Janeiro

Grupo de Voluntários do Rio de Janeiro

A tragédia japonesa

2 Comentários

Após o pior terremoto de sua história, seguido de uma tsunami, o Japão agora enfrenta o risco de um desastre nuclear. Já são quatro os reatores danificados no complexo nuclear de Fukushima e ainda pairam incertezas quanto ao grau de contaminação liberada pela explosão de um desses reatores. Segundo especialistas, em uma escala de perigo que vai até o grau 7 (grau máximo concedido ao caso de Chernobyl), o drama japonês já chegou ao 6.

O desastre japonês fez o mundo retomar discussões sobre os perigos do uso de energia nuclear. Diversos países europeus estão discutindo seus programas nucleares, sendo que Alemanha e Suíça já anunciaram a suspensão provisória dos seus planos de expansão de usinas.

Enquanto isso, no Brasil ainda não há nenhum sinal de que a construção da usina nuclear de Angra III irá parar. A presidente Dilma Rousseff expressou preocupação com o caso do Japão mas descartou mudanças na política energética do país.

Após declarações do presidente da Comissão Nacional de Energia Atômica, Odair Gonçalves, em que afirma que o governo reverá as normas de licenciamento das usinas nucleares no Brasil, o Greenpeace decidiu pedir à Justiça a suspensão da licença de operação concedida à terceira fase da planta de Angra III em 2010, até que essas novas normas de licenciamento sejam fixadas, protegendo a vida e a integridade física dos habitantes de Angra dos Reis e de todo o estado do Rio de Janeiro. O documento enviado ao procurador do Ministério Público Federal em Angra dos Reis pode ser lido aqui.

O Brasil não precisa correr esse risco. Como mostramos no relatório [R]Evolução Energética, nosso país tem, como nenhum outro, vocação para fontes limpas e renováveis, tais como solar, eólica e biomassa.

Neste fim de semana estaremos realizando uma atividade para alertar a população sobre os perigos das usinas nuclares. Junte-se a nós e diga não à energia nuclear!

Quando? Sábado, dia 19 de março, das 10h às 12h
Onde? Largo da Carioca – Centro

Saiba mais:
E os bons ventos aguardam…
Uma alternativa para o Japão
Nuclear crisis in Fukushima Japan (em inglês)

Anúncios

2 pensamentos sobre “A tragédia japonesa

  1. Abaixo a nuclear dentro de um celeiro de opções limpas e sustentáveis … Diga não a nuclear!!!

  2. Não precisamos de nuclear![R]evolução energética já!!Excelente matéria, parabéns!Abs

Escreva o seu comentário aqui. Obrigado!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s